Empoeirada galeria apresenta WESSEX

Modelo Italeri 1/72. Boa forma, pouca rebarba, detalhamento razoável. Sempre menos do que esperamos. Tempo de montagem… esta é uma incógnita, iniciei a montagem em 1999, isso mesmo. Ainda não terminei, durante anos procurei a imagem dele com o rotor dobrado, e nunca conseguia, depois de algum tempo estas imagens fervilham na internet, agora o que falta é tempo.

É o primeiro REVIEW que faço, então espero ajudar.
Várias modificações foram feitas no modelo, todas baseadas em desenho “Raio X”:

  1. Apoio para as mãos, existem vários em todo o corpo do helicóptero. No modelo não apresenta nenhum.
  2. Termômetro externo, em todos os helicopteros existem, em nenhum kit vem.
  3. Rotor, o rotor original vem em posição normal, precisei refazer cada encaixe de cada asa (pá), o que esta faltandando para finalizar este kit é justamente fazer o encaixe para segurar as pás dobradas.
  4. Aneis de ancoragem, todos os helicópteros embarcados possuem anéis, para serem literalmente ancorados ao convés do navio. também não existe isso no kit.
  5. Apoios da porta traseira. Nos dois cantos da porta existem barras colocadas na diagonal. Que tbem não vem no kit.
  6. Cabos do guindaste. Também não consta no original.
  7. Entrada de ar. Esta sim foi uma obra de “presidiário”, a tela que vem impressa na forma do kit é muito boa, porém, não tão real como uma de verdade. Aí entra o trabalho. Com paciência de Jó, desgastei toda a tela impressa, deixando apenas a estrutura externa. Para fazer uma tela real usei a “camisinha” de bomba de chimarrão; que é uma espécie de filtro. Após medido e colado com cianocrilato, feitos os ajustes. Ainda precisava de um detalhe, resolvido com massa plástica aplicada bem dissolvida, aplicada com um pincel. Praticamente uma aguada de massa plástica. Deve-se notar que no centro apenas 3 pontos fixam a grade. Assim, colar toda ela na estrutura estará incorreto.
  8. Grelha de saida de ar, atrás do rotor principal existe um grelha transversal. No kit o espaço entre as lâminas é muito pequeno, deve ser feito um leve desgaste para ficar na escala.
  9. Grades do rotor, outro processo lento, desgastar as grades originais e substirtuir por grade em metal,; no caso não pode ser usada a camisinha de chimarrão, pois o formato e o tamanho são diferentes. Para isso usei ma peça em metal de um carro de combate na 1/35.
  10. Antena lateral, feito com sprue, são duas duas “linhas” que devem ser colocadas.
  11. Amortecedores do trem de pouso dianteiro. Ele érevestido com uma lona, e deve constar algumas ondulações, para dar o efeito das dobras. Para se conseguir este efeito, utilizei um cabo de aço muito fino, enrolando. Em cima disto joguei uma “aguada” de massa plástica. Em uma das fotos se observa melhor. o resultado.
  12. Cintos de segurança em todos os assentos é de prache fazer.
  13. Rotor trazeiro dobrado. Apos cortar o kit, deve-se fazer o interior das duas peças. Bem como as dobradiças.
  14. Apoio dos pés, na lateral da cabine, se observar no kit, ele vem como um degrau reto, o que não ocorre no Wessex de verdade. Observa-se melhor nesta foto.
  15. Ainda não estão prontas as correntes, mas no final ele estará ancorado ao comvés.
Em resumo, é um excelente kit. A Italeri sempre fez bons kits. Espero tem contribuído com algo, qualquer dúvida não deixe de mandar seu email para julianodetoni@gmail.com .







Advertisements